Veja o estado da unidade de piscicultura das Contreiras

07 Ago 2018 / 12:20 H.

Recebeu 1,3 milhões de fundos comunitários e Orçamento Regional, com o executivo de então a servir de contragarantia bancária. Nunca chegou a metade da produção anual a que se propunha quando abriu em 2001 e hoje está ao abandono.

Falamos da unidade de piscicultura existente nas Contreiras, mais concretamente na freguesia do Seixal, infra-estrutura que rondou um investimento de 2,5 milhões de euros que foram por água abaixo. Agora, surge um interessado em reactivar o empreendimento.

Conheça todos os detalhes do fracasso desta unidade na versão impressa do DIÁRIO de hoje.

Outras Notícias