Abastecimento de água do mar de um hidroavião na Gran Canaria visto do cockpit

19 Ago 2019 / 12:41 H.

O ‘Ejército del Aire’, brigada de aeronaves que participa nas acções de combate aos fogos que lavram em Gran Canaria, publicou um vídeo do cockpit de um dos aviões a reabastecer-se de água do mar para despejar sobre as chamas.

Na Madeira nunca foi usada esta opção, mesmo porque só no ano passado e este ano foi possível começar a ser usado meios aéreos, no caso um helicóptero no combate às chamas, mas foi um dos argumentos usados para declinar o uso de hidroaviões o facto do sal poder ser mais prejudicial (no futuro) do que benéfico (ajudando a apagar as chamas).

No caso do vídeo em apreço foi publicado para exemplificar como ocorre e em que circunstâncias - mar calmo, sem muita ondulação, numa baía com espaço suficiente para a manobra ocorrer sem colocar em risco a segurança - pode ser efectuada a operação de carga.

Noutro vídeo publicado pela mesma página do ‘Ejército del Aire’ pode-se ver outras imagens, nomeadamente a de um auto-tanque dos bombeiros a deitar água por cima do avião em plena pista, naquilo que aparenta ser uma acção de refrescamento da fuselagem do aparelho após sobrevoar as chamas.

Também incluímos um trabalho publicado pelo DIÁRIO sobre o uso de meios aéreos logo após os incêndios de Agosto de 2016, evento que acabou por levar, definitivamente, a que a decisão de uso desses equipamentos fosse colocado em cima da mesa. E com o sucesso que se tem visto nos últimos três anos.

Outras Notícias