Via rápida entre a Ribeira Brava e o Campanário volta a estar encerrada no dia 30 de Julho em ambos os sentidos

25 Jul 2018 / 15:02 H.

Numa nota de imprensa enviada à redacção, a Vialitoral informa que para os rocheiros do Governo Regional poderem concluir um saneamento preventivo da escarpa sobre o emboquilhamento oeste do túnel da Ribeira Brava, será necessário encerrar totalmente ao trânsito o sublanço 1 da VR1, entre os nós 1 (Ribeira Brava) e 2 (Campanário), em ambos os sentidos, no dia 30 de Julho, segunda-feira, das 9h30 às 17 horas.

“Consequentemente quem pretender aceder à VR1 a partir do nó 1 (túnel da Ribeira Brava) para prosseguir em direcção ao Funchal, será desviado para a Rua Comandante Camacho de Freitas (antiga Estrada Regional 101) a partir do centro da cidade ou da Rua de S. Pedro. Os utentes podem retomar a VR1, na direcção do Funchal, no nó 2 (Campanário)”, explica.

Explica ainda que “quem estiver já a circular na VR1, no sentido Funchal-Ribeira Brava, será obrigatoriamente desviado no nó 2 (Campanário) da VR1 para a Rua Comandante Camacho de Freitas (antiga Estrada Regional 101) em direcção à Ribeira Brava”

“Agradecemos desde já a compreensão dos senhores utentes para os incómodos que este condicionamento venha a causar, solicitando a sua colaboração no cumprimento da sinalização rodoviária provisória que será propositadamente instalada no local”, diz, acrescentando que “mais fazemos um apelo especial: para que não sejam estacionadas irregularmente viaturas nas vias alternativas à VR1 entre a Ribeira Brava e o Campanário, quer na Rua Comandante Camacho de Freitas quer na Estrada Dr. Francisco Justino Gonçalves (Campanário)”.

Outras Notícias