Veja a situação epidemiológica na Madeira de forma detalhada

29 Mar 2020 / 23:39 H.

Os números divulgados pelo IASaúde relativos ao dia 29 de Março de 2020 (domingo) indicam em termos geográficos e estatísticos a evolução da pandemia na Madeira, por cada concelho, tal como o DIÁRIO já havia feito referência após a conferência de imprensa do IASaúde. Depois dessa menção, a instituição acabou por elaborar a devida separação dos casos.

Nesse sentido, saiba que existem:

- 39 casos confirmados na Madeira, distribuídos por seis concelhos;
- 17 casos de covid-19 no Funchal em 121 casos suspeitos, sendo que um dos infectados é natural do Porto Santo, mas reside na capital madeirense;
- 3 casos confirmados em Santa Cruz em 18 casos suspeitos;
- 7 casos validados em Câmara de Lobos em 17 suspeitos;
- 0 confirmados em seis suspeitos na Ribeira Brava;
- 6 casos positivos na Ponta do Sol em 16 analisados;
- 1 caso confirmado na Calheta em quatro casos suspeitos;
- 1 caso no Porto Santo em 1 caso suspeito detectado;
- Já se registaram três casos suspeitos em São Vicente e zero negativos;
- Não houve nenhum caso suspeito e, por sua vez, nenhum caso positivo no Porto Moniz;
- O único caso suspeito em Santana resultou em negativo;
- 6 casos suspeitos em Machico que acabaram por ser todos eles negativos;

Proveniência dos 25 casos importados:

- Holanda (5); Emirados Árabes Unidos (3); Reino Unido (2); Espanha (1); França (1); Portugal [Lisboa] (6); Portugal [Região Norte] (1); Suíça (1); Brasil (2); Emirados Árabes Unidos/Espanha/Portugal [Região Norte] (2) e Austrália (1). Já no que diz respeito aos casos de transmissão local são 14.

Idades, Casos e Géneros:

- 10/19 anos - 1 caso (1 feminino);
- 20/29 anos - 7 casos (5 masculino / 2 feminino);
- 30/39 anos - 3 casos (1 masculino / 2 feminino);
- 40/49 anos - 3 casos (2 masculino / 1 feminino);
- 50/59 anos - 7 casos (2 masculino / 5 feminino);
- 60/69 anos - 8 casos (3 masculino / 5 feminino);
- 70/79 anos - 10 casos (3 masculino / 7 feminino);

Balanço: 39 casos (16 homens e 23 mulheres).

Veja a situação epidemiológica na Madeira de forma detalhada

Números divergem entre IASaúde e Direcção-Geral da Saúde

A vice-presidente do IASaúde, Bruna Gouveia, indicou a razão pela qual os números avançados pela Direcção-Geral de Saúde (43) e o IASaúde (39) não coincidirem relativamente ao número de casos positivos por covid-19, na Madeira.

Segundo Bruna Gouveia, os dados reportados pela DGS dizem respeito, de facto, à Região Autónoma da Madeira, mas estes “provêem dos sistemas de informação e estão ligados a pessoas que não estão na Madeira”, querendo isto dizer que de momento existem quatro madeirenses infectados em Portugal continental ou fora do país.

A própria ministra da saúde, Marta Temido, já havia avançado com uma explicação para esta discrepância, visto que os casos que a DGS atribuía ao portugueses que se encontravam no estrangeiro (por exemplo, de tripulantes e passageiros de navios de cruzeiro) terem sido redistribuídos pelas suas regiões de origem ou residência.