Universidade da Madeira integra projecto europeu para a Gestão de Riscos Geológicos

16 Nov 2018 / 11:31 H.

A Universidade da Madeira (UMa), através da Faculdade de Ciências Exactas e da Engenharia, vai integrar um projecto europeu para a criação de uma plataforma de gestão de riscos geológicos nas regiões Atlânticas.

Liderado pelo Instituto Superior Técnico e com uma duração de 36 meses, o projecto PAGEO – ‘Platform for Atlantic Geohazard Risk Management’ integra 12 parceiros de cinco países, desde Portugal, Espanha, França, Reino Unido e Irlanda,contando com um orçamento global de 3.223.240,32€.

Este projecto tem como principais objectivos demonstrar como o envolvimento dos cidadãos na mitigação de riscos geológicos fortalece os sistemas de gestão de riscos regionais e nacionais, e promover a utilização mais eficiente de dados, produtos e serviços Copernicus a nível regional, permitindo, assim, melhorar a prevenção de riscos e a resiliência a desastres naturais nas regiões Atlânticas.

A equipa de investigação da UMa, constituída pelos Professores doutores Fátima Gouveia, João Martins e Paulo Silva Lobo, será responsável por avaliar a situação actual da Região no que concerne à percepção de risco pela população e à estratégia de mitigação de efeitos associados aos desastres naturais mais frequentes.

A equipa será também responsável por promover a utilização de dados e serviço de gestão de emergências (EMS) do Copernicus no apoio à tomada de decisão e mitigação de efeitos de desastres naturais, e definir estratégias gerais para melhorar os sistemas de gestão de risco na Região, bem como para a disseminação da informação e comunicação do risco à população, através dos meios tradicionais e das redes sociais. Será organizado um workshop Internacional sobre desastres naturais característicos da Região, desenvolvimentos do projecto e programa Copernicus.