Três aviões foram divergidos para o Porto Santo

26 Nov 2018 / 10:52 H.

Três aviões que tinham como destino o Aeroporto da Madeira foram divergidos para o Porto Santo devido às condições atmosféricas adversas em Santa Cruz.

Um avião da TAP, um da EasyJet e outro da Transavia aguardam no Aeroporto da ilha dourada pela melhoria do tempo.

Recorde-se que a má visibilidade tem afectado o normal funcionamento do Aeroporto da Madeira, impossibilitando a aterragem de quatro aviões.

Com a chegada das aeronaves ao Porto Santo, verifica-se um problema que não é novo e acaba por condicionar ainda mais a viagem dos passageiros. Em dias de chuva, como é o caso de hoje, não há autocarros no aeroporto do Porto Santo para transportar os passageiros até à gare, situação que os obriga a permanecer dentro dos aviões. A única alternativa é a utilização de uma carrinha de oito lugares que está a trazer a ‘conta gotas’ os passageiros do voo da TAP.

O voo da Transavia, HV 6629, tinha chegada prevista à Madeira para as 9h35, partindo depois às 10h20. Dada a impossibilidade de aterrar, a previsão aponta a saída do Funchal às 13h45, isto se o tempo melhorar.

Já o voo da Easy Jet, U2 7601, que partiu de Lisboa e deveria ter aterrado na Madeira às 8h50, acabou por ser cancelado.

A ma visibilidade e chuva no aeroporto da Madeira estão na origem destes desvios para o Porto Santo.

Outras Notícias