SPEA pede ajuda para proteger o fura-bardos

25 Nov 2016 / 15:48 H.

A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves volta a lembrar que faltam verbas para continuar a proteger o fura-bardos.

“O projeto Life Fura-bardos termina em 2017 mas, até agora, os fundos não são suficientes para dar continuidade ao trabalho de conservação desta subespécie prioritária e do seu habitat, a floresta Laurissilva da Madeira”, lamenta a SPEA em comunicado.

“Depois dos últimos incêndios na Madeira, nunca foi tão importante agir!”, acrescenta.

“A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves lança esta campanha de crowdfunding para continuar a assegurar o controlo de espécies invasoras e a recuperação de floresta Laurissilva, bem como a conservação do fura-bardos através da sua monitorização e sensibilização ambiental.”

Diz a SPEA que, “mais do que um projecto, uma parte única da Madeira necessita da sua ajuda!” Por isso fica o apelo: “Apoie a causa #HelpFuraBardos e contribua em bit.ly/helpfurabardos.”

Outras Notícias