Secretário regional da Agricultura critica a oposição

30 Ago 2018 / 21:41 H.

Humberto Vasconcelos aproveitou a vinda ao Porto Santo para criticar os socialistas da Madeira, “o Partido Socialista da Madeira, não está com os empresários madeirenses nem porto-santenses, pois nós fizemos um protocolo com o avião cargueiro no fundo para dinamizar as exportações da Madeira e com a expectativa da carga exclusiva entre a RAM e o Continente”.

“E o que notamos é que no dia em que o Governo Regional toma decisões e demonstra que é preciso apoiar estas exportações, põe-se contra os madeirenses e porto-santenses, e esquece se o Partido Socialista na República tem uma linha de apoio de nove milhões de euros para carga entre os Açores e o Continente”, disse o governante.

Humberto Vasconcelos não se ficou por aqui nas críticas, disse, “há uma diferenciação entre os madeirenses e os açorianos e o partido socialista esquece-se que em vês de defender os madeirenses e porto-santenses, está sempre do lado da República”.

“Nós sabemos que isso não pode acontecer, e vamos lutar sempre em prol dos investimentos na Madeira, porque o investimento na Madeira representa mais rendimento e mais emprego para os madeirenses e isso que vamos sempre lutar”, reforçou o secretário regional da agricultura.

Humberto Vasconcelos frisou ainda “ nós vamos continuar a apoiar os empresários da Madeira e Porto Santo, vamos apoiar todos por forma a chegar ao mercado de igual forma, como os empresários dos Açores, estamos a ser tratados de forma diferente, mas contudo, não vamos deixar”.

“ Sabemos que há uma pessoa no Porto Santo que gosta de falar de todos os temas, mas volto a reiterar de que essa pessoa deveria se preocupar mais com a realidade da ilha, e com o crescimento do Porto Santo, e nós vamos continuar a apoiar todo este trabalho que tem sido feito ao longo do tempo, e os resultados estão à vista”, disse Humberto Vasconcelos.

Outras Notícias