Santa Cruz apoia 327 pessoas no acesso gratuito ao medicamento

05 Set 2018 / 11:59 H.

A Câmara Municipal de Santa Cruz começou hoje a distribuição do cartão Abem para acesso gratuito aos medicamentos. A medida abrange, para já, 215 famílias, num total de 327 pessoas. Existe, no entanto, possibilidade de ainda serem processadas e aceites novas candidaturas.

Na ocasião, o presidente da autarquia, Filipe Sousa, salientou “a importância da medida na ajuda às famílias que enfrentam carências várias”, sublinhando que “a área social continuará a ser uma aposta” da autarquia que lidera.

Só este ano, Santa Cruz investiu dois milhões de euros, repartidos entre o fundo de emergência social, a reabilitação de imóveis, bolsas de estudo e entrega de manuais escolares ao 1º e 2º Ciclos. Para o próximo ano estão já a ser estudados novos apoios, nomeadamente apoio aos passes dos estudantes universitários e apoio ao pagamento de creches e jardins de infância, avança a autarquia.

Sobre o Cartão Abem, Lipe Sousa explica que este surgiu “dado o reconhecimento de fragilidade social, associada a quadros de doença permanente, que faz com que uma franja assinalável da população tenha necessidade de recorrer a este tipo de apoio”.

Assim, para “aperfeiçoar e melhorar não só o acesso a esta ajuda, como também torná-la mais eficaz e capaz de ir ao encontro das reais necessidades da população alvo”, o Município de Santa Cruz estabeleceu um Protocolo com a Associação Dignitude, uma Instituição de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, que é responsável pelo desenvolvimento, operacionalização e gestão do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

Outras Notícias