Rui Marques acusa PS de fabricar a notícia das buscas na Câmara da Ponta do Sol

09 Nov 2018 / 12:30 H.

Rui Marques, antigo presidente da Câmara Municipal da Ponta do Sol, recorreu à sua página de Facebook para dizer que “a notícia das “buscas” foi fabricada pelo Partido Socialista, quando na realidade o Ministério Público tinha solicitado apenas informações para depois levantarem os processos”.

“Deixem-se de palhaçadas e comecem de uma vez por todas a trabalhar e a governar em prol dos Pontassolenses. Não sei se já perceberam mas já passou mais de um ano que estão a governar...”, escreveu.

Rui Marques disse que está “cansado” de tudo isto, até porque 12 anos “não foram 12 dias”. “Quem não tem respeito e consideração por um trabalho de 12 anos não merece o meu respeito e consideração. O executivo anterior trabalhou de forma séria, honesta, justa, com toda a dedicação e espírito de sacrifício em prol da Ponta do Sol e dos Pontassolenses”, acrescentou, acusando algumas pessoas de andarem a “brincar às politiquices”.

Recorde-se que o Ministério Público realizou, na manhã de ontem, buscas e recolheu documentos na Câmara Municipal da Ponta do Sol. Uma acção relacionada com processos relativos ao mandato autárquico 2013 - 2017, quando a câmara era presidida pelo social-democrata Rui Marques.

A actual presidente, a socialista Célia Pessegueiro, confirmou as diligências judiciais que terão decorrido quando não se encontrava na câmara. As buscas foram feitas em vários serviços. Em causa poderão estar processos em que a câmara não terá feito cumprir legislação sobre obras e horários de funcionamento de estabelecimentos.