PSP inicia hoje operação Festas Seguras em todo o país, incluindo na Madeira

14 Dez 2018 / 09:47 H.

A PSP arrancou hoje em todo o país, incluindo a Madeira e os Açores, a operação Festas Seguras. Uma operação que terá a duração de 19 dias consecutivos, terminando no dia 1 de Janeiro de 2019 à meia-noite.

Sob o Lema ‘Viva o seu Natal com a nossa Segurança’, os comandos da PSP irão concentrar e reforçar os seus normais meios operacionais, numa atitude preventiva e proactiva, visando incrementar o sentimento de segurança dos cidadãos nas áreas comerciais, sistemas de transporte públicos e outros locais de grande concentração de pessoas, assegurando nesses locais, um elevado índice de operacionalidade.

Este policiamento assentará essencialmente em três eixos de intervenção:

Visibilidade que consiste no reforço do policiamento de visibilidade, em especial nas zonas comerciais, transportes públicos, zonas históricas ou de maior concentração turística, que contará no terreno, para além dos patrulheiros, com Equipas de Trânsito, Equipas de Intervenção Rápida, Equipas de Prevenção e Reacção Imediata, Equipas da Investigação Criminal (à civil) e Equipas de Fiscalização, que serão ainda reforçadas por agentes da Unidade Especial de Polícia (Corpo de Intervenção e Grupo Operacional Cinotécnico) e pessoal policial dos serviços de apoio.

Será dada particular atenção aos terminais rodoferroviários e à segurança aeroportuária.

“Haverá, também, uma especial atenção para a fiscalização direccionada para as zonas de diversão nocturna, através de um plano de reforço de policiamento, contando com as valências já mencionadas, no sentido de garantir uma maior visibilidade da presença policial e em que realizaremos operações de fiscalização a estabelecimentos, em especial relativas à actividade de segurança privada”, informa a PSP.

O segundo eixo de intervenção prende-se com a segurança rodoviária, através da fiscalização rodoviária que compreenderá uma intensificação da fiscalização do excesso de velocidade, o desrespeito pelos semáforos, a utilização de telemóveis no acto da condução, não utilização ou utilização incorrecta de acessórios de segurança, a condução sob influência do álcool e substâncias psicotrópicas, a circulação em sentido oposto ao legalmente estabelecido e o desrespeito da cedência de passagem em especial nas passagens destinadas ao atravessamento de peões, propiciadores da ocorrência de acidentes e de sinistralidade rodoviária;

As operações de fiscalização rodoviária serão reforçadas nos períodos de 21 a 26 de Dezembro em termos de fiscalização da velocidade, utilização indevida telemóveis e estacionamento e desrespeito da cedência de passagem nas passagens assinaladas para o atravessamento de peões. De 28 de Dezembro a 1 de Janeiro de 2019 a fiscalização será direccionada para a condução sob influência do álcool e/ou substancias psicotrópicas e controlo da velocidade.

A proximidade será o terceiro eixo de intervenção da PSP nesta quadra natalícia, através do desenvolvimento de acções de sensibilização e contactos individuais junto dos comerciantes, por forma a identificar eventuais fragilidades securitárias (nos seus comportamentos, equipamentos e infraestruturas), visando a prevenção de eventuais ilícitos e, simultaneamente, aumentar o sentimento de segurança, quer dos profissionais do comércio quer dos consumidores e frequentadores desses espaços.

A PSP realizará balanços parcelares a 21 e 28 de Dezembro, fazendo o balanço final da Operação a 3 de Janeiro de 2019.