PSD exige à República que devolva adiantamento do ADSE ao Governo Regional

14 Mar 2018 / 16:24 H.

Os deputados à Assembleia da República Sara Madruga da Costa, Rubina Berardo e Paulo Neves exigiram, hoje, ao Governo da República a resolução do problema dos atrasos nos reembolsos do ADSE.

Numa pergunta dirigida ao Ministro da Saúde, os deputados do PSD às Assembleia da República exigem ao governo que publique a legislação nacional em falta desde 1 de Janeiro de 2018, com efeitos retroactivos e que devolva à Região os valores entretanto adiantados pelo Governo Regional e que deveriam ter sido suportados pelo ADSE, IP nacional.

Sara Madruga da Costa considera “inadmissível” a forma como este assunto tem sido tratado pelo Governo da República, em claro prejuízo da Região e de todos os beneficiários madeirenses da ADSE: “A forma como este assunto tem vindo a ser tratado pela república é mais um sinal inequívoco da falta de vontade política permanente e reiterada do rectângulo em resolver os problemas dos madeirenses e porto- santenses”.

“Valham-nos a intervenção do Governo Regional que decidiu em boa hora, proceder ao adiantamento dos valores que deveriam ter sido assegurados pelo ADSE IP nacional, por forma a que os beneficiários madeirenses não ficassem lesados”, acrescenta.

“O não cumprimento por parte da República e da ADSE nacional dos compromissos assumidos com a Região prejudica de uma forma bastante grave a Região Autónoma da Madeira, que tem vindo a adiantar mensalmente cerca de setecentos mil euros e os seus beneficiários do ADSE residentes na Madeira cujos reembolsos deveriam ser assegurados pela República e não pela Região”, conclui Sara Madruga da Costa.