Primeiro caso de covid-19 na ilha do Porto Santo, confirma director do Centro de Saúde

29 Mar 2020 / 19:46 H.

O director do Centro de Saúde do Porto Santo, Rogério Correia, confirmou há instantes, em declarações à Rádio Praia, o primeiro caso de covid-19 na ilha do Porto Santo, isto depois do IASaúde ter dado conta, no boletim de epidemiológico de sábado, que já existia um porto-santense infectado, mas que se encontra no Funchal.

Neste caso positivo registado na Ilha Dourada, trata-se de uma mulher, que poderá ter sido infectada por via de um contacto estabelecido numa unidade hoteleira com um turista, ao que tudo indica junto do grupo de dinamarqueses que pisaram solo porto-santense há duas semanas.

“É um dia triste. Infelizmente, como eu tinha dito - que mais tarde ou mais cedo iria acontecer -, tivemos o nosso primeiro caso no Porto Santo, mas também tenho boas notícias. É um caso que foi transmitido por algum turista, porque é proveniente de um trabalhador de um hotel”, confirma Rogério Correia.

De acordo com o especialista, a mulher está completamente isolada. “Os contactos que essa pessoa teve, felizmente, foram muito poucos. Nesta fase o que eu peço, a todos aqueles a quem eu estou a ligar, é que cumpram as regras que eu estou a estabelecer. A todos os outros, o confinamento é cada vez mais mandatório. Fiquem em casa, pois só assim é que nos podem ajudar a isolar este caso ao menor número de possíveis casos, porque dos contactos destas pessoas pode haver mais ou outro caso”, referiu Rogério Correia.

Ainda segundo o médico, “a doente está bem” e “quase que não tem sintomas”, indicando ainda que a mesma “não revela qualquer sinal de alarme, por enquanto, e a situação clínica pode evoluir sem ser necessário qualquer tipo de abordagem, senão o controlo sintomático”.

“Faço votos e acredito que tudo irá correr bem. Fiquem em casa e cumpram com a quarentena que estou a aconselhar. Isto deixou de ser conversa e é uma matéria real”, mencionou ainda Rogério Correia.