Prémio Escola Amiga da Criança entregue a 2 de Outubro

Escola Secundária Francisco Franco e Escola Básica 1/JI de Santana são as grandes vencedoras

16 Set 2019 / 16:41 H.

Realiza-se, no próximo dia 2 de Outubro, a cerimónia de entrega do Prémio Escola Amiga da Criança à Escola Secundária de Francisco Franco que foi a grande vencedora desta edição e à Escola Básica 1/JI de Santana que venceu na categoria ‘Alimentação, Saúde e Ambiente’.

Esta iniciativa, promovida pela Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), a LeYa e o Psicólogo Eduardo Sá, terá lugar no Salão Nobre da Assembleia Municipal (Praça do Município 9004-512 Funchal), pelas 15 horas e irá contar com a presença do Presidente da CONFAP, com representantes da Leya e com o psicólogo Eduardo Sá.

A Escola Secundária de Francisco Franco venceu com o seu projecto Banco dos Afectos e irá ver a sua biblioteca repleta com 5000 euros em livros LeYa. O Banco dos Afectos é uma rede de angariação de voluntários (conta já com cerca de 200) na escola referida e apresenta duas esferas de actuação: uma interna, com voluntários na estrutura do Banco de Afetos a prestar informações sobre as missões do mesmo e outra externa, enviando voluntários para as instituições com quem tem parceria: Centro da Mãe, Delegação da Cruz Vermelha da Madeira, projecto ‘Quem se importa’, Canil Vasco Gil, Serviço de Sangue e Medicina Transfusional (Banco de Sangue), SANAS e Cáritas.

A Escola EB 1/JI de Santana, localizada também da Madeira, venceu com o seu projecto Enferbot / Pinóquio com Ciência na categoria ‘Alimentação, Saúde e Ambiente’. O projecto Enferbot (aplicado ao 1º ciclo) teve como objectivo principal promover o conhecimento face às diferentes funcionalidades dos órgãos do corpo humano, sensibilizar e orientar para a promoção de hábitos saudáveis, aplicando uma vertente prática, interdisciplinar e aberta à comunidade. O Pinóquio com ciência (aplicado ao pré-escolar) permitiu despertar sentidos e conhecimentos, utilizando na sua base um conto infantojuvenil. O conto foi explorado de forma diversificada e apelativa, os sentidos e órgãos dos sentidos foram analisados, realizando-se jogos sensoriais, saídas do espaço físico da escola, aprendizagem de músicas/lengalengas e registos para efectivar as interiorizações. Os alunos desta Escola vão ficar com a sua biblioteca recheada de novos livros, no valor de 500€, bem como usufruirão de prémios por partes de parceiros que se associaram à iniciativa.

A Escola Amiga da Criança, que vai já para a sua terceira edição, visa distinguir escolas que concebem e concretizam ideias extraordinárias para um desenvolvimento mais feliz da criança, no espaço escolar e essencialmente partilhar essas boas práticas, com outras escolas, professores, pais, alunos e sociedade em geral.

Outras Notícias