Polónia celebra 100 anos de independência no Funchal

09 Nov 2018 / 17:34 H.

As celebrações do Centenário da Recuperação da Independência da Polónia, decorridas ao longo deste ano na Europa, irão encerrar em Portugal com a homenagem prestada no Funchal a um dos pais da Polónia moderna e grande admirador da Madeira, o marechal Józef Piłsudski, no domingo (11 de Novembro).

A cidade do Funchal tem uma importância particular para os polacos, pois foi na capital madeirense que o marechal Józef Piłsudski, considerado um dos principais arquitectos da independência da Polónia, passou três meses, na virada de 1932 e 1933.

Na cerimónia de domingo, estarão presentes o Embaixador da Polónia, Jacek Junosza Kisielewski, para inaugurar, juntamete com a secretária Regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, uma exposição dedicada ao marechal Piłsudski e depositar flores junto ao seu busto.

A inauguração decorre, pelas 11h30, na Casa-Museu Frederico de Freitas.

O dia 11 de Novembro marca não só o centenário do fim da Primeira Grande Guerra, mas também os 100 anos da recuperação da independência da Polónia após mais de cem anos das partilhas do país pelos impérios circundantes.

O programa das comemorações em Portugal prossegue com um concerto solene no Centro Cultural de Belém e a iluminação da estátua do Cristo Rei, em Lisboa.

Outras Notícias