Pedro Ramos realça aposta da RAM na prevenção do Cancro Oral

13 Dez 2018 / 12:10 H.

Pedro Ramos na apresentação dos resultados do 1º ano de execução do Programa de Intervenção Precoce do Cancro Oral da Região Autónoma da Madeira, PIPCO-RAM realçou a aposta da RAM na promoção da saúde e prevenção da doença.

Lembrou que a detecção das lesões numa fase precoce não só permite outro tipo de tratamento e consequente maior probabilidade de sobrevivência, mas também implica menos custos com o tratamento.

Quando detectado no estádio I o cancro oral tem entre 75 a 90% de taxa de sobrevivência. Que diminui quando detectado em estádios mais avançados. O cancro oral é o sexto cancro mais comum no Mundo sendo que na Madeira a taxa de mortalidade duplica a taxa média do país. A taxa de sobrevivência ao fim de 5 anos é de 50%.

Pedro Ramos aproveitou para lembrar outros projectos, como rastreio do cancro da mamã que completa 20 anos em 2019, cuja taxa de sobrevivência actual é de 80%