Paulo Neves critica “orçamento sem ambição” e pede atenção ao CINM

Lisboa /
09 Nov 2018 / 16:10 H.

Numa intervenção, esta manhã, o deputado do PSD- Madeira na Assembleia da República, Paulo Neves, disse que o Orçamento de Estado para o próximo ano é um “orçamento sem ambição” e que faz justiça à frase do primeiro-ministro “chapa ganha, chapa gasta”.

O social-democrata afirmou que a dívida do país continua “elevadíssima” e que “as empresas continuam descapitalizadas e com dificuldades de aceder ao crédito bancário”.

O deputado madeirense referiu, perante o ministro da Economia, que “a carga fiscal sobre as empresas é muito elevada e prejudicial e o governo não a diminui por uma questão ideológica”.

Paulo Neves pediu ainda ao ministro da Economia para dar uma atenção especial ao Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM) e ao Registo de Navios da Madeira como “projectos nacionais para captação de investimento”.

Outras Notícias