“Não vimos o senhor presidente da Câmara Municipal do Funchal a assinar”

21 Jul 2018 / 18:42 H.

“Não vimos o senhor presidente da CMF a assinar.” As palavras de Mário Pereira, enquanto apresentava a moção se estratégia sectorial - ‘Por um serviço regional de saúde de qualidade’ - referiam-se à acção cautelar contra a construção de um ‘novo’ hospital no vale do Ribeiro Seco. Um documento que foi subscrito por militantes do CDS e por “independentes”.

Foi uma iniciativa que, defendeu Mário Pereira, permitiu depois trabalhar no sentido de construir um novo hospital em Santa Rita. “Mostra a fibra e o empenho do CDS”.

Neste momento decorrem as apresentações das moções sectoriais.

Outras Notícias