MPT pede condições para funcionários da CMF

30 Mar 2020 / 17:29 H.

Numa nota dirigida à imprensa esta segunda-feira (30 de Março), o MPT Madeira pede à Câmara Municipal do Funchal (CMF) que garanta mais condições de higiene e segurança aos seus funcionários.

“Vamos pedir às autarquias, principalmente à autarquia do Funchal, que favoreça a criação de condições a todos os funcionários que estão a trabalhar apesar de todo o medo e incerteza de poder contaminar-se a si e aos outros”, refere o MPT em comunicado, sublinhando que “neste momento sabemos que não existem condições mínimas para todos os funcionários”, por exemplo, “no sentido de garantir que lavam as mãos de trinta em trinta minutos”.

Defendem ainda que “os funcionários que trabalham na rua necessitam de casas de banho, de um local próprio e adequado para comer, de produtos de contenção do risco que correm” e pedem, por isso, à autarquia que verifique se as condições que estão a dar a todos os funcionários estão de acordo com as normas em vigor.

O MPT deixa ainda um “agradecimento a todos os cidadãos que estão a garantir os serviços mínimos na Região Autónoma da Madeira” e apela ao “bom senso de todos” para que “fiquem em casa e sejam responsáveis pela prevenção”.