Madeira investe 1,6 milhões para recuperar postos florestais e torres vigilância

05 Set 2018 / 18:39 H.

O Governo da Madeira vai investir 1,6 milhões de euros para recuperar até final deste ano 12 postos florestais e seis torres de vigilância aos incêndios, anunciou hoje a secretária regional com a tutela.

O anúncio foi feito pela secretária do Ambiente e Recursos Naturais madeirense, Susana Prada, na inauguração das obras de beneficiação do posto florestal da Fajã do Penedo, na freguesia de Boaventura, no concelho de São Vicente, na costa norte da ilha.

A governante insular salientou que o objectivo do executivo madeirense é dotar estes espaços de melhores condições de trabalho para os elementos da Polícia Florestal, recuperando “12 postos florestais e seis torres de vigilância aos incêndios”.

O espaço hoje inaugurado é “um dos postos florestais [requalificados] e, até ao fim do ano, vão ficar todos concluídos”, assegurou, mencionando que representa um investimento total na ordem de 1,6 ME.

“Estes postos são de meados do século passado, situam-se todos acima dos 600 metros, alguns estão a 1.500”, mencionou a responsável, argumentando que “a humidade, as condições de clima e o tempo” obrigavam a uma recuperação dos imóveis.

Na opinião de Susana Prada, “estavam a precisar de ser recuperados para proporcionarem melhores condições de trabalho” aos elementos da Polícia Florestal que “trabalham 365 dias em prol da florestal” da região.

Outras Notícias