Lista de Veiga França para ACIF a ‘conta-gotas’

09 Nov 2018 / 08:43 H.

Jorge Veiga França já escolheu os candidatos a vice-presidentes da direcção na lista que vai apresentar a sufrágio a 11 de Dezembro, para os novos órgãos sociais da ACIF – Associação Comercial e Industrial do Funchal. São eles António Jardim Fernandes, CEO do Grupo Dorisol e Luís Sousa, sócio fundador e CEO da ACIN, e accionista de referência do JM.

Num comunicado da candidatura, enviado ao DIÁRIO, é descrito o percurso profissional dos candidatos, num processo que ganha corpo a gota-gotas.

Sabe o DIÁRIO que um dos nomes da candidatura de Jorge Veiga França, Luís Sousa, tentou, numa primeira abordagem, fazer parte da outra lista à liderança da ACIF, encabeçada por Sérgio Gonçalves, com o objectivo de ocupar uma das vice-presidências. A ‘pressão’ não surtiu efeito e o empresário mudou de campo e surge agora na lista de Veiga França, que segundo nos garante uma fonte próxima, ainda não se encontra fechada. A probabilidade de uma terceira candidatura também não se coloca, para já.

No documento remetido à redacção é justificada a atribuição das vice-presidências a António Jardim Fernandes e a Luís Sousa como parte de “uma estratégia de abranger a maior cobertura geográfica possível, com membros sedeados em vários concelhos da Madeira, que conheçam o tecido empresarial, os problemas e as necessidades dos empresários desses concelhos”, bem como ter na direcção “os sectores económicos mais representativos da Madeira”.

Na lista de Jorge Veiga França o candidato a presidente da mesa da Assembleia Geral é Paulo Prada, do Grupo Pestana, e a candidata a presidente do Conselho Fiscal é Idalina Pestana, do Grupo Enotel.

Na corrida à liderança da ACIF encontra-se, como já referimos, mais uma lista, liderada por Sérgio Gonçalves, actual vice-presidente da organização, que protagoniza uma candidatura representando uma nova geração de empresários da Região.

Tópicos

Outras Notícias