Idalina Perestrelo destacou papel da CMF na educação ambiental no concelho

22 Fev 2018 / 12:00 H.

A vereadora Idalina Perestrelo, que tem o pelouro do Ambiente na Câmara Municipal do Funchal, esteve presente ontem na cerimónia do hastear da Bandeira Verde Eco-Escolas na Escola Básica e Secundária Dr. Ângelo Augusto da Silva e congratulou mais um estabelecimento do Funchal a ser distinguido neste programa vocacionado para a Educação Ambiental e para a Cidadania.

“O Eco-Escolas encoraja acções e reconhece o trabalho desenvolvido pelas escolas em prol do Ambiente e em benefício da nossa sociedade, pelo que me cabe enaltecer, em especial, a equipa liderada pela Professora Fátima Gonçalves, que implementou o programa aqui na Levada, e envolveu toda a comunidade escolar para participar nas acções que conduziram a este galardão”, disse

A vereadora acredita que “pequenos passos trazem grandes mudanças e que é com estas actividades que semeamos nas crianças e jovens valores para que um dia sejam cidadãos activos na contribuição pela protecção e cuidado com o nosso meio Ambiente”.

“Estas práticas são um valioso contributo, que deve começar dentro do espaço escolar, mas que se estende sempre a mudanças de atitudes quer dos pais, quer da restante comunidade, num efeito de contágio incontornável, que nos cabe a todos continuar a promover”, defendeu.

Idalina Perestrelo destacou, por fim, o trabalho feito pela autarquia nos últimos anos. “A Câmara Municipal do Funchal faz questão de dar o exemplo e é um Município galardoado com a Bandeira Verde ECOXXI. Um galardão que nos faz crer também a nós que estamos no caminho certo, e que o trabalho que toda a Autarquia tem desenvolvido nas diversas áreas, seja nos resíduos, energia, espaços verdes, mobilidade, conservação da natureza ou na educação ambiental, estão a contribuir directamente para ter uma cidade e uma região mais verdes.”

A Câmara Municipal do Funchal é parceira no apoio à implementação do Programa Eco-Escolas nos estabelecimentos de Ensino do concelho, através da promoção de actividades de educação ambiental, de apoio logístico e da comparticipação nas despesas inerentes às inscrições no programa. Em 2017, foram 34 as escolas premiadas com a Bandeira Eco-Escolas no Funchal, “um número que muito nos orgulha, mas que ainda queremos fazer crescer”.