Grupo madeirense transforma antiga fábrica da ILMA em hotel

06 Nov 2018 / 18:51 H.

O empresário madeirense António Nóbrega está autorizado a edificar um hotel nas antigas instalações da ILMA (Indústria de Laticínios da Madeira), que se irá chamar “Four Views Formosa”, unidade de quatro estrelas, com 256 camas.

De acordo com uma resolução hoje publicada no Jornal Oficial da Região, o executivo autorizou o aumento do número de camas, apesar do Plano de Ordenamento Turístico estabelecer, para aquele local, apenas 160, alegando que há normas que permitem a majoração.

Em setembro de 2013, no Tribunal Judicial do Funchal, a maioria dos credores aprovou o encerramento da ILMA, situação que atirou para o desemprego, na altura, cerca de 60 trabalhadores, e votou também favoravelmente a liquidação do seu património.

O edifício foi depois adquirido pelo empresário madeirense, António Nóbrega.

Na resolução, o governo regional alega “que a área onde se desenvolve o projecto era uma área fabril, desactivada há alguns anos a esta parte, que se está a degradar e que importa reconverter” e que, portanto, “importava dar prioridade no espaço urbano, à requalificação urbano/arquitetónica dos espaços tradicionais e históricos e das suas frentes marítimas”.

O projecto tinha sido previamente analisado pela Secretaria Regional do Turismo e ficará implantado “em área abrangida pelo Plano de Urbanização do Amparo, que confere capacidade para a edificação de uma unidade hoteleira”.

De acordo com o documento, o novo hotel será classificado “como hotel de quatro estrelas, com capacidade prevista de 128 unidades de alojamento (82 quartos duplos e 46 suites)/256 camas”.

Tópicos