Grupo de venezuelanos residentes da Madeira junta-se à concentração mundial contra Maduro

Iniciativa realiza-se, esta quarta-feira, dia 23 de Janeiro, pelas 14 horas, na Praça do Município, no Funchal

22 Jan 2019 / 15:19 H.

No dia 23 de Janeiro, pelas 14 horas, na Praça do Município, no Funchal, um grupo de venezuelanos, comprometidos com o seu país, junta-se à concentração mundial a pedido do actual presidente da Assembleia Nacional Juan Guaido, que refere que o mandato actual de Nicolas Maduro é inconstitucional.

A situação caótica em que actualmente se encontra o país a pior crise económica e social fazem com que milhões de venezuelanos se juntem em todo o mundo a este protesto. A ideia partiu de Carlos Fernandes e um grupo de voluntários que, juntando seus esforços uniram-se a esta iniciativa para apelar a sensibilidade do Governo Regional e Central.

Depois da concentração, pelas 17 horas, horas haverá uma missa na Igreja do Colégio.