Estudantes bolseiros encerram a 2ª edição do Programa ‘Primeiro as Pessoas – Porto Moniz Participa +’

23 Ago 2018 / 13:09 H.

No âmbito do programa, criado pelo Município do Porto Moniz, ‘Primeiro as Pessoas – Porto Moniz Participa +’, decorreu ontem para os alunos bolseiros do concelho um jantar que encerrou a participação dos mesmos em mais uma edição daquele programa.

Emanuel Câmara, Presidente do Município do Porto Moniz, e todo o seu executivo, marcaram presença naquele que, segundo o próprio, é “um programa que alia a juventude à solidariedade”.

Durante a sua breve intervenção, Emanuel Câmara salientou que “o Município conta com todos aqueles estudantes para o desenvolvimento daquele concelho e, por isso, faz questão de apoiar a educação”.

“Estes apoios vão muito além dos estudantes universitários, e começam logo quando qualquer aluno começa na creche, já com um apoio de 50%, por parte da autarquia, na mensalidade”, acrescentou o autarca, relembrando a total gratuidade do ensino no concelho, onde os manuais escolares e cadernos de actividades são oferecidos, o transporte escolar não oferece custos para o munícipe, e, ainda, o alargamento dos prémios de mérito a todos os níveis de ensino.

O Programa ‘Primeiro as Pessoas – Porto Moniz Participa +’ é uma iniciativa do Município de Porto Moniz, iniciado em Agosto de 2016, e tem como principal objectivo a promoção de comportamentos/ atitudes responsáveis e de cidadania participativa dos jovens bolseiros, através de actividades de cariz social e ambiental.

De destacar este Verão a participação destes jovens na monitorização das actividades desenvolvidas na segunda edição da Semana Activa (Campo de Férias), a Campanha de Recolha de Resíduos ‘Há Mar e Mar, Há ir e Limpar’ e ainda o acompanhamento aos idosos na ‘2ª Caminhada Intergeracional Vida +’.

Todos os estudantes universitários do concelho são apoiados, pelo Município, em 1500 euros anuais, e, para aqueles que se encontram deslocados em Portugal Continental, são ainda financiadas duas viagens/ ano num montante máximo de 400 euros.

Outras Notícias