Escola da Levada assinala dia da Língua Materna com reflexão sobre diversidade religiosa na Madeira

17 Fev 2020 / 08:48 H.

Nos próximos dias 18, 19 e 20 de Fevereiro, a Escola Básica e Secundária Dr. Ângelo Augusto da Silva (Escola da Levada), no Funchal, celebra o dia da Língua Materna.

Este ano lectivo a efeméride é assinalada com um extenso programa dedicado ao tema ‘A diversidade religiosa na Madeira, século XIX: vidas ignoradas’.

Entre outras actividades será exibido o documentário da RTP1 ‘Madeirenses Errantes’, de Camilo Azevedo, (2004).De destacar também, no dia 20, a realização de uma Festa Ecuménica, celebrada pelo pastor Jorge Gameiro e do padre José Rodrigues.

Com este programa “pretende-se divulgar uma particularidade da História da Madeira, questionar o pensar e o agir humano no passado e no presente, tendo como ponto fulcral a proximidade com o Outro, única forma de respeito dessa mesma diversidade”, explica Maria do Céu da Silva Jesus, uma das coordenadoras desta actividade.