Entre na sexta-feira com o ‘Dar a Ver’, projecto para conhecer na sua agenda

14 Jun 2018 / 19:00 H.

III edição do projecto ‘Dar a Ver’

O Museu Quinta das Cruzes acolhe, nos dias 15 e 16 de Junho, a III edição do Projecto ‘Dar a Ver’, iniciativa que tem por base a divulgação do património artístico regional e a promoção da sua integração, no panorama nacional e internacional.

Programação desta sexta-feira:

18 horas - Conferência ‘Inscrições funerárias flamengas na ilha da Madeira: memória viva dos sepultados’, por Filipa Avellar. Na presente comunicação, Filipa Avellar centrar-se-á no maior conjunto de inscrições funerárias provenientes da Flandres e que se encontram reunidas na Ilha da Madeira. Gravadas primorosamente em lâminas de metal ou em grandes lajes de pedra azul acinzentada as inscrições que compõem este espólio epigráfico, datado do séc. XVI, apresentam decoração e características únicas que as remetem para um mesmo centro produtor. Ao perpetuar no tempo a memória dos seus encomendadores estes exemplares testemunham ainda as relações comerciais entre Portugal e a Flandres tornando-se num património de valor incalculável que urge dar a conhecer e preservar.

Programa do segundo dia do festival Raízes do Atlântico

21h - Brigada Victor Jara (Portugal Continental):

No início o canto era “de intervenção”, em versões de cantigas de José Afonso, Sérgio Godinho, Victor Jara, Quilapayum. O primeiro contacto com a Música Tradicional (ou Regional?, ou Popular?) teve-o no GEFAC (Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra), num ou noutro dos discos-de-capa-de-sarapilheira editados pelo Michel Giacometti, num ou noutro encontro com músicos ou cantadores populares;

22h30 - Lura (Cabo Verde):

É uma representante da herança Cabo Verdiana, do seu povo, tradições e música, tudo refletido na arte do cantor mais melodioso e carismático de toda uma geração de artistas cabo-verdianos. O canto de Lura lembra-nos como a essência do multiculturalismo e da música crioula tradicional deram origem a um gênero vocal universal no coração do segredo mais bem guardado da África: Cabo Verde.

Programa desta sexta-feira da Semana Regional das Artes

9h30 - Festival de Audiovisual e Cinema Escolar (FACE) - Madeira Curtas 2018, no Teatro Municipal Baltazar Dias. Serão visualizadas as cerca de 20 curtas-metragens concorrentes nesta edição e subordinadas ao tema ‘A herança que nos pertence’;

11h - Festival de Audiovisual e Cinema Escolar (FACE) - Cerimónia de entrega de prémios, no Teatro Municipal Baltazar Dias;

12h00: Dance Flavourz, palco da Avenida Arriaga

‘Dance flavourz’, da Escola de Artes Performativas, participará nesta semana com várias performances, nos estilos sapateado, hip hop, jazz, comercial, dança do ventre e contemporâneo, por várias crianças, entre os 2 e 10 anos. Este espetáculo, assim como a Escola de Artes Performativas, é da responsabilidade do bailarino madeirense internacional Francis Cardoso.

14h - Festival de Audiovisual e Cinema Escolar (FACE) - Workshops, no Teatro Municipal Baltazar Dias;

15h - ESCOLartes, no Centro de Congressos da Madeira

Nesta segunda sessão do ESCOLArtes, serão 527 alunos a subir ao palco, num espetáculo igualmente dividido por 3 temas que contam com a participação de 11 escolas;

17h - Uníssono de Cordas do CEPAM, na Capela do Corpo Santo (zona velha do Funchal);

17h: Recital de Canto, no Palácio de São Lourenço.

49.ºEncontro/Convívio nacional de Expedicionários a Timor

O 49.ºEncontro/Convívio nacional de Expedicionários a Timor decorre de 15 a 17 de Junho. Este é o programa para esta sexta-feira:

Na parte da manhã, chegada e recepção dos participantes ao aeroporto da Madeira;

14h - Credenciação na unidade hoteleira, Vila Gale em Santa Cruz, seguindo-se entrega de brindes regionais;

15h30 – Sessão de boas vindas na Sede do Governo Regional, onde o presidente Miguel Albuquerque, usará a palavra;

17h – Regresso ao hotel com o resto do dia livre.

Trabalhadores da saúde em greve

Com, a greve os trabalhadores pretendem fazer ouvir a sua voz e lutar:

• Pela contagem de todo o tempo de trabalho para efeitos de progressão remuneratória;

• Pela admissão dos trabalhadores necessários ao Serviço Nacional de Saúde;

• Pela aplicação do DL 62/79;

• Pelo respeito às horas de descanso entre turnos;

• Pela negociação da carreira de Técnico Auxiliar de Saúde.

Assinatura de um Protocolo entre o Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa e a Escola Superior de Enfermagem de S. José de Cluny

Terá lugar, pelas 14 horas, na Escola Superior de Enfermagem de S. José de Cluny a assinatura de um Protocolo de Cooperação entre o Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa e a Escola Superior de Enfermagem de S. José de Cluny. Este protocolo formaliza os termos da cooperação presente e futura entre as duas instituições, a qual abrange a mobilidade de estudantes, a mobilidade de docentes, a participação em júris de provas públicas de Mestrado e Doutoramento, a promoção de eventos científicos conjuntos, a promoção de programas de intercâmbio na área da extensão à comunidade e a realização de estudos em parceria.

Plano Operacional de Combates a Incêndios 2018 entra em vigor

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visita, pelas 11 horas o Serviço Regional de Protecção Civil, no dia em que entra em funcionamento o Plano Operacional de Combates a Incêndios 2018. O chefe do Executivo madeirense aproveitará para conhecer mais em pormenor o Programa, bem como as inovações para o corrente ano, entre as quais a operação, pela primeira vez, de um helicóptero de combate aos fogos florestais. O Plano Operacional de Combate aos Incêndios Florestais 2018 vigorará entre os dias 15 de Junho e 15 de Outubro, podendo este período ser prolongado, em função das condições climáticas.

Dados do Helicóptero

A aeronave é um ECUREIL AS350B3, helicóptero ligeiro para Ataque Inicial, com uma autonomia de 90 minutos, e com capacidade para 750 litros. Descola em 5 minutos. Os helicópteros de ATI são, por norma, empenhados, imediata e prioritariamente, em incêndios em fase inicial, com as respectivas equipas helitransportadas. Este meio aéreo permite o embarque de equipas/brigadas helitransportadas para apoio à consolidação do trabalho aéreo e são constituídas por 5 operacionais especializados em intervenção imediata em incêndios florestais. Estas equipas foram treinadas por uma Força Especial de Bombeiros deslocada do Continente, ao nível dos procedimentos de segurança, em voo e em terra, dentro e fora da aeronave.

Apresentação da edição 2018 dos Altares de São João

A edição 2018 dos Altares de São João decorre às 15h00, no Salão Nobre da Câmara Municipal do Funchal.

Reunião da Comissão de Saúde e Assuntos Sociais

Os deputados da 5.ª Comissão Especializada Permanente de Saúde e Assuntos Sociais terão uma reunião pelas 15 horas, com um ponto único na ordem de trabalhos: audição parlamentar sobre o ‘Subsistema de saúde da ADSE’, com a presença do presidente do Conselho Directivo do Instituto da Administração da Saúde, IP-RAM.

Tópicos