“É uma irresponsabilidade muito grande” marcar eleições tão cedo

Reacção de Edgar Silva, da CDU, à data das Eleições Regionais 2019, marcadas para 22 de Setembro

07 Dez 2018 / 09:55 H.

“É uma irresponsabilidade muito grande” marcar eleições tão cedo, chega a ser até uma “atitude leviana”, diz Edgar Silva, coordenador regional do PCP/Madeira, a propósito data das Regionais 2019.

O Presidente da República revelou, nesta manhã de 7 de Dezembro, a data das eleições para 2019. As eleições para a Assembleia Regional da Madeira irão realizar-se dia 22 de Setembro, duas semanas antes das eleições legislativas, que serão em 6 de Outubro.

Para o dirigente comunista esta decisão significa que “o tempo decisivo de contacto com os cidadãos far-se-á no mês de Agosto, um mês de grande dispersão em que maior parte dos portugueses se encontra de férias”.

“Quem fica a ganhar é a abstenção e a falta de esclarecimento”, sublinha.

Recorde-se que, no passado mês de Outubro, o observatório do DIÁRIO dava conta da opinião dos partidos sobre a data das eleições. Muitos queriam Outubro.

De referir ainda que após a audição de Marcelo Rebelo de Sousa com os representantes dos grupos parlamentares a maioria defendia a data de 22 de Setembro, agora anunciada.