Diocese do Funchal debate despenalização da eutanásia dia 27

23 Fev 2020 / 16:02 H.

Na sequência da aprovação na generalidade da despenalização da eutanásia na Assembelia da República, a Diocese do Funchal organiza, na próxima quinta-feira, dia 27 de Fevereiro, um painel de debate intitulado ‘Eutanásia: razões do NÃO’.

A discussão está agendada para as 19h30, no Auditório Casa da Luz, e contará com os seguintes oradores convidados: Teresa de Melo Ribeiro, jurista e mandatária da iniciativa popular ‘referendo sobre a despenalização da eutanásia’, da Federação Portuguesa pela Vida; Paula Margarido, jurista e Presidente da Ordem dos Advogados (Regional); João Moura, da Associação dos médicos católicos e Rubina Berardo, economista e ex-deputada, que participou no debate sobre a despenalização da Eutanásia em 2018. A moderação ficará a cargo de Virgílio Nóbrega.

Um dos assunto abordados neste painel será a realização possível referendo sobre a despenalização da eutanásia, “pedido já por mais de 40 mil cidadãos”, conforme relembra a Diocese.

Por outro lado, serão apresentados exemplos de outros países europeus (caso da Bélgica) em que a prática da eutanásia foi liberalizada. As questões religiosas e a ética dos médicos serão outros dos assuntos em ‘cima da cima’.