D. Duarte de Bragança entregou prémios Infante D. Henrique

02 Nov 2016 / 19:18 H.

Foram cerca de sete dezenas de jovens que, ontem, no Salão Nobre da Câmara Municipal do Funchal, receberam as medalhas de ouro, prata e bronze do Prémio Infante D. Henrique, a versão portuguesa do ‘The Duke of Edinburgh’s International Award’. Um prémio internacional que constitui um desafio para jovens de dos 14 aos 24 anos e que em Portugal tem cerca de 30 anos e é promovido pelo Duque de Bragança.

“O prémio é o reconhecimento que a sociedade, em geral, faz aos méritos dos jovens que cumpriram as provas de serviço à comunidade, desporto, desenvolveram um talento”, sublinha Duarte Pio de Bragança.

“Em todo o mundo há milhões de jovens que o têm feito. Em Inglaterra e noutros países, um jovem que mostra que cumpriu estas provas é uma grande vantagem para os currículos e o acesso ao emprego”, sublinha.

Duarte Pio de Bragança, que faz questão de estar presente nas cerimónia de entrega dos prémios, lembra que “cada vez mais, as empresas estão a perceber que mais importante do que saber muitas coisas é ter força de vontade, capacidade e persistência no que se faz”.

Depois da cerimónia de entrega do prémios aos jovens que atingiram os objectivos propostos, Paulo Cafôfo destacou a importância de este concurso ter uma procura crescente entre os jovens madeirenses.

O presidente da CMF lembrou que, no ano passado, forma 20 os galardoados e, este ano, forma cerca de 70 a receber medalhas.

Outras Notícias