CMF prepara minuta de Plano de Contingência para empresas e sessões de esclarecimento online

08 Abr 2020 / 09:32 H.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) já preparou a minuta de um Plano de Contingência para o sector empresarial do concelho. “O objectivo é que todas elas preparem o seu próprio plano, face às consequências do surto de Covid-19”, refere uma nota da autarquia.

O presidente Miguel Silva Gouveia explica que, através da elaboração do Plano, “serão determinados todos os serviços essenciais ao funcionamento das empresas, definindo-se um conjunto sistematizado de orientações, através do planeamento da resposta e das acções concretas a accionar, e uma gestão adequada e ponderada dos recursos disponíveis”.

Neste seguimento, a CMF disponibiliza-se para ajudar as empresas a elaborar o referido Plano, dispobilizando para o efeito a minuta, bem como sessões de esclarecimento online para os empresários locais, a partir da próxima semana.

Para aceder à minuta, basta requerê-la através do endereço [email protected], indicando o nome e ramos da empresa.

Para participar nas sessões de esclarecimento, que irão decorrer nos dias 14 e 16 de Abril, a partir das 15 horas, os empresários interessados devem proceder à sua respectiva inscrição, através do formulário que lhes será enviado com a minuta, e que está disponível aqui.

“A minuta do Plano prevê a definição, entre outros, do regime de substituição de funcionários; da estrutura de coordenação e responsabilidades; dos critérios de activação e desactivação do Plano; dos procedimentos específicos de prevenção e de preparação para fazer face à evolução do surto, como aquisição de kits de protecção individual, e sensibilização para medidas de prevenção e autoprotecção dos funcionários; dos procedimentos num caso suspeito de Covid-19; das medidas a adoptar para higienização das instalações; e, finalmente, dos critérios de definição das áreas de isolamento e identificação destas”, precisa o executivo municipal.

“Este foi um trabalho desenvolvido pelo Departamento Municipal de Economia e Cultura, em colaboração com o Serviço Municipal de Protecção Civil do Funchal, tendo por base as orientações emanadas pela Direcção-Geral de Saúde e pelo IASAÚDE, pelo que temos a certeza que auxiliará de forma significativa a resposta célere dos nossos empresários à evolução desta pandemia”, acrescenta a mesma nota. Este será “um documento em permanente actualização”, refere ainda a autarquia.