Cerca de 200 pessoas manifestaram-se contra a partida do ferry no Porto do Funchal

19 Set 2018 / 18:30 H.

Foi debaixo de um coro ensurdecedor que cerca de 200 manifestantes assistiram e insurgiram-se contra a partida do ferry, esta tarde, no Porto do Funchal. O navio foi-se embora e só volta nas épocas veranis de 2019 e 2020, garantia dada pelo vice-presidente do Governo Regional da Madeira, Pedro Calado, que abandonou o Porto do Funchal debaixo de fortes apupos e alguns gestos nada amistosos por parte dos presentes.

‘Ferry todo o ano’, ‘O PSD não cumpriu’ ou ‘Que o Governo e seu presidente cumpra o que prometeu’, foram algumas das mensagens erguidas em cartazes pelos manifestantes.