Célia Pessegueiro “não manda” no Ministério Público

09 Nov 2018 / 14:34 H.

A presidente socialista da Câmara Municipal da Ponta do Sol, Célia Pessegueiro, deu continuidade à troca de comentários no Facebook sobre o assunto que está a marcar a actualidade naquela autarquia e que fez a manchete de ontem do DIÁRIO.

Em jeito de resposta ao antigo presidente social-democrata, Rui Marques, que havia acusado o PS de “fabricar” a notícia das “buscas”, Célia Pessegueiro afirmou: “Não mando no ministério público”.

“Há pessoas que perante situações que a mim não me dizem respeito tentam envolver-me como se fosse uma questão política. Não é uma questão política! Desculpem mas eu não mando na Justiça nem no Ministério Público. Eu não faço acusações a ninguém, não sou responsável por processos que se iniciaram antes de tomar posse como Presidente de Câmara. Tentar passar a imagem de vitimização para me atacar politicamente é baixo e mesquinho. Da minha parte, não contem comigo para ocultar informações quer à Justiça quer à população. Os ponta-solenses primeiro”, escreve a autarca.


Recorde-se que o Ministério Público realizou, na manhã de ontem, buscas e recolheu documentos na Câmara Municipal da Ponta do Sol. Uma acção relacionada com processos relativos ao mandato autárquico 2013 - 2017, quando a câmara era presidida pelo social-democrata Rui Marques.

A actual presidente, a socialista Célia Pessegueiro, confirmou as diligências judiciais que terão decorrido quando não se encontrava na câmara. As buscas foram feitas em vários serviços. Em causa poderão estar processos em que a câmara não terá feito cumprir legislação sobre obras e horários de funcionamento de estabelecimentos.

Outras Notícias