Câmara de Santa Cruz faculta serviço de apoio social a famílias com fracos recursos

26 Mar 2020 / 12:46 H.

A Autarquia de Santa Cruz pretende colocar no terreno um serviço de apoio social aos munícipes idosos e/ou em situação vulnerabilidade social, em articulação com entidades locais públicas e privadas, nomeadamente Juntas de freguesia, instituições de solidariedade social, de voluntariado e unidades comerciais.

“Num contexto de isolamento social originado pelo recente fenómeno epidemiológico, e pela declaração do Estado de Emergência torna-se premente a criação de um serviço capaz de acorrer a situações de emergência social com a melhor articulação possível, fundamentalmente no que concerne ao apoio a deslocações necessárias para satisfação de acesso a bens essências para quem não pode mesmo sair de casa”, revela a Autarquia através de comunicado.

O plano de apoio social contempla a entrega ao domicílio de bens essenciais – alimentação e medicação - mediante solicitação das famílias e de sinalização de instituições públicas ou privadas, sendo que a compra dos bens é coberta financeiramente pelas famílias, para além de apoio social a famílias carenciadas e sinalizadas pelos serviços sociais, através da distribuição de cabazes alimentares, em articulação com unidades comerciais, grupos e/ou instituições de solidariedade social e instituições públicas.

Ciente de que muitos munícipes não têm acesso a contactos para poder solicitar ajuda, os técnicos do gabinete de coesão social da Autarquia estão a contactar telefonicamente “todos os munícipes sinalizados em qualquer programa de apoio do município, o que constituirá um alargado número de famílias, à volta de 700”, refere a Autarquia que, juntamente com a Casa do Voluntário, têm acompanhado o programa ‘Avós Por Afecto’ e continuam a garantir o apoio mínimo aos idosos do programa, nomeadamente na entrega dos bens de primeira necessidade, embora as visitas habituais tenham sido suspensas, como é aconselhável.

Os munícipes apoiados pelo programa Cartão Abem – acesso gratuito à medicação – continuarão a receber os medicamentos ao domicílio através de algumas farmácias Tome nota:

Santo da Serra – Farmácia Esperança (Santa Cruz);

Camacha – Farmácia da Camacha em articulação com a AD Camacha e a Junta de Freguesia da Camacha;

Caniço – Farmácia do Caniço – centro.

Gaula – Farmácia Esperança (Santa Cruz) e/ou do Caniço – centro.

A Autrqua informa ainda que qualquer munícipe pode ligar para qualquer das farmácias indicadas para solicitar a entrega ao domicílio da medicação necessária, à excepção da farmácia da Camacha que apenas garante a entrega de medicação aos munícipes locais, através da articulação já referida.

O Centro de Apoio aos Sem Abrigo, apesar de ter suspendido temporariamente a entrega de refeições ao domicílio nas Freguesias da Camacha, Caniço e Santa Cruz, por indisponibilidade de voluntários, pretende entregar cabazes às famílias com sinalização, tendo já agendado uma entrega para esta semana.

Contactos importantes para solicitação de apoio no âmbito das medidas atrás referidas

Junta de Freguesia da Caniço: 291934621

Junta de Freguesia de Santa Cruz: 291523989

Junta de Freguesia Santo António da Serra: 291552076

Junta de Freguesia da Camacha: 291922466/91262504

Junta de Freguesia de Gaula: 291526262/912200165

Serviços Sociais do Município de Santa Cruz: 910216732

Casa (Centro de apoio aos sem abrigo): 910365816/910 365 816