Câmara de Lobos traz Associação Salvador às escolas

11 Out 2019 / 17:13 H.

No âmbito de protocolo estabelecido entre o município de Câmara de Lobos e a Associação Salvador, serão promovidas diversas acções de sensibilização (teatro de marionetas, palestras e peddy papers) sobre a temática da deficiência, em particular, a motora, nos próximos dias 14 e 15 de Outubro, cujo público privilegiado serão os alunos do 1.º, 2.º e 3.º Ciclos e Secundário das escolas do Concelho.

Pela primeira vez, a autarquia de Câmara de Lobos irá trazer a Associação Salvador à Região Autónoma da Madeira, instituição sem fins lucrativos sedeada no Continente, que actua na área da deficiência motora. Esta associação, fundada por Salvador Mendes de Almeida, em 2003, tem como missão promover a inclusão das pessoas com deficiência motora na sociedade e melhorar a sua qualidade de vida, potenciando os seus talentos e sensibilizando para a igualdade de oportunidades.

Nos dias 14 e 15 de Outubro, o município irá promover um programa de actividades, de dois dias, dirigido aos estudantes do 1.º, 2.º e 3.º Ciclos e Secundário, o qual, incluirá 3 sessões de teatro de marionetas, 2 palestras e 4 peddy papers.

Estas acções de sensibilização envolverão cerca de 600 alunos e 40 professores e procurarão alertar para importância e riqueza das diferenças, desmistificando crenças e preconceitos, sensibilizar para a inclusão e igualdade de oportunidades, prevenir o bullying e a discriminação das pessoas com deficiência e prevenir acidentes que podem causar lesões vertebro-medulares.

As três sessões de teatro de marionetas decorrerão na Biblioteca Municipal e terão como público-alvo os alunos do 1.º Ciclo, apresentando personagens e contextos alusivos à temática da deficiência motora, inclusão, valorização da diferença, respeito, procurando, assim, promover os direitos universais e exemplificar o papel que cada um pode ter para gerar mudança no mundo.

As duas palestras decorrerão na Casa da Cultura e terão como público-alvo os alunos do 3.º Ciclo e Secundário. O palestrante Salvador Mendes de Almeida partilhará a sua história de vida, procurando sensibilizar os jovens para as temáticas directamente relacionadas com a deficiência motora, indo também ao encontro dos programas de cada escola.

Os quatro peddy papers terão como público privilegiado os alunos do 2.º Ciclo e serão realizados nas próprias escolas. Cada percurso, será baseado num guião com desafios que levarão os jovens a classificar espaços públicos com diferentes tipologias (jardins, comércio, serviços) quanto às suas condições de acessibilidade.

Outras Notícias