Associação de Promoção da Madeira terminou 2019 com 100% de taxa de execução

Associados reunidos num ‘Madeira de Honra’ para receber o novo director executivo da AP, Nuno Vale

19 Fev 2020 / 19:47 H.

A Associação de Promoção da Madeira (AP) terminou o ano de 2019 com uma taxa de execução de 100%. O dado foi avançado esta tarde por Eduardo Jesus, secretário regional de Economia e Turismo, no Madeira de Honra promovido para que os associados da AP conhecessem o novo director executivo, Nuno Vale. Na ocasião o governante começou por agradecer o empenho e dedicação da equipa da AP e de José Cardoso, director interino, que, desde a saída de Roberto Santa Clara (no Verão no ano passado) se mantiveram motivados e a trabalhar exemplarmente. Jesus salientou ainda os associados que se mantiveram firmes no propósito e permitiram os bons resultados, como a referida taxa de execução. “Significa que apesar das circunstâncias conhecidas, o trabalho da AP foi feito, bem feito e concretizado a 100%. Não podíamos exigir mais do que isso”.

Na ocasião o também presidente da AP recordou que em Dezembro último foi aprovado o plano e orçamento para 2020, tendo sido registado um aumento no orçamento de 35%, “mais 3 milhões de euros que ficam à disposição para melhor promover a Madeira e procurar com essa promoção recuperar mercados que são importantes para nós e que revelam uma tendência contrária à que se vinha a verificar, nomeadamente Inglaterra e Alemanha”. O objectivo passa assim não só por “manter como mercados importantes para a Madeira”, mas também apostar na diversificação de mercados como os EUA, o Canadá e o Brasil. Alem disso, salientou “fizemos um trabalho de muita profundidade com o turismo de Portugal onde identificamos mercados emissores com potencial para Madeira”, acrescentando que com a parceira com a ANA será possível fazer mais.

Recordando como decorreu o processo de selecção do novo director executivo da AP, Eduardo Jesus descreveu Nuno Vale como um profissional “com grande experiência em vários países” e com “familiaridade a este modelo de promoção”.

Já Nuno Vale agradeceu a confiança depositada e sublinhou que irá fazer os possíveis para merecer essa confiança, “com entusiasmo e espirito de missão” para fazer desta ilha “um destino turístico cada vez maior, mais apreciado no nosso país e lá fora”.