Artur Andrade quer “impedir que haja maioria absoluta”

Edgar Silva lembrou a “urgência” em dar voz aos mais desfavorecidos

10 Jun 2017 / 18:09 H.

Pela “urgência” em transformar a cidade e dar “razões de maior esperança aos tantos homens e mulheres” que não têm voz, a candidatura da CDU ao Funchal apresentou esta tarde os cabeças de lista a cada um dos 12 órgãos autárquicos do Município.

Cerimónia realizada no Largo do Corpo Santo, na zona velha da cidade, debaixo de muito sol, que ainda assim fez mobilizar dezenas de ‘camaradas’. Artur Andrade, o (re) candidato à presidência da Câmara, realçou o facto de a candidatura envolver também “centenas de independentes”, não desperdiçando a oportunidade de apelar ao “reforço” na CDU “para impedir que haja qualquer maioria absoluta”.

Se Artur Andrade já era público que ia encabeçar a lista à Câmara, o mesmo em relação à candidatura de Edgar Silva para a Assembleia Municipal, hoje ficou-se a conhecer os candidatos a presidentes de Junta. São eles: Duarte Martins (Imaculado Coração de Maria), Leonel Nunes (Monte), Lídia Luís (Santa Luzia), José Ferreira (Santa Maria Maior), Ricardo Lume (Santo António), João Vieira (São Gonçalo), Herlanda Amado (São Martinho), Paulo Azevedo (São Pedro), Fernão Rodrigues (São Roque) e João Lizardo (Sé).

Outras Notícias