Altice vai cobrir 70 por cento da Madeira com fibra óptica até final do ano

29 Mai 2018 / 14:41 H.

Nos últimos cinco anos, a Altice Portugal investiu na Madeira cerca de 25 milhões de euros, numa lógica de “impulsionamento do desenvolvimento económico, social e tecnológico” no país. Nesse investimento tem sido privilegiada a expansão da rede de fibra óptica, que já abrange cerca de 90 mil casas na Região, que já chega a todo o concelho do Funchal e deve cobrir 70 por cento de toda a Madeira no final deste ano. Na rede móvel a cobertura já abrange 98 por cento da população na rede 4G. Os dados foram avançados por João Sousa, da comissão executiva do grupo tecnológico, que esta manhã participou no ‘PT Empresas Day’, evento sobre digitalização do tecido empresarial, além de ter assinado um protocolo com a Associação de Jovens Empresários Madeirenses (AJEM).

Já ontem a Altice celebrou um acordo com o Governo Regional que vem permitir que o Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira passe a dispor de um centro de apoio alternativo fornecido por aquele grupo tecnológico, para fazer face às necessidades de comunicação em caso de emergência. O centro dispõe de equipamentos e condições tecnológicas para fazer face à necessidade de uma alternativa à sede do próprio Serviço de Proteção Civil, em caso de emergência, e surge na sequência de um acordo assinado entre o Governo Regional e empresa de telecomunicações.

“A Madeira coloca-se hoje novamente na linha da frente na proteção e na salvaguarda da vida humana e dos seus bens”, afirmou o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, que tutela o Serviço de Proteção Civil, vincando que a parceria com a Altice “vai assegurar uma maior eficiência nas comunicações em situação de emergência”. O representante da Altice Portugal, João Sousa, sublinhou, por seu lado, que é um “privilégio” para a empresa ser uma vez mais considerada o “parceiro tecnológico preferencial” da Proteção Civil para o desenvolvimento de soluções de suporte às suas operações». Ao abrigo desta parceria, e também para uma situação limite de quebra de comunicações, a Altice Portugal garante ainda a ativação de uma rede de comunicações que permitirá a continuidade dos serviços de comunicações na região autónoma e o normal contacto com as populações.

Tópicos