Albuquerque e Cafôfo elogiaram novo Savoy

06 Jun 2018 / 15:45 H.

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, e o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, estiveram esta manhã no ‘pau de fileira’ do futuro Savoy, um evento que marca o fim das grandes obras em cimento e betão da unidade hoteleira.

Miguel Albuquerque afirmou que este projecto, a par do do teleférico, foi dos que mais lhe fizeram ser vítima de “pancada”, mas garantiu que, hoje, sente “muito orgulho nesta obra”. Além disso, elogiou a determinação e o contributo de Avelino Farinha para a economia da Região. “É um empreendimento belíssimo”, frisou.

Já Paulo Cafôfo virou-se para Avelino Farinha e disse: “Ainda bem que deixou a Calheta e veio para a cidade, porque aquilo que nós precisamos é de investimento”. Por outro lado, desafiou o grupo hoteleiro a se manter fiel à excelência e à qualidade da marca Savoy.

Avelino Farinha, promotor da obra, anunciou que o hotel vai chamar-se Savoy Palace e integrar a marca ‘Leading Hotels’, que agrupa os mais luxuosos hotéis independentes do mundo, como o Ritz de Paris.

Na ocasião revelou que, com este investimento, foram derramados 120 milhões de euros na economia da Madeira e, a partir de agora, irão estar mais de 650 trabalhadores na nova fase da obra, de modo a cumprir o prazo previsto para a inauguração.

A abertura do hotel está programada para Abril do próximo ano.

Tópicos

Outras Notícias