“A Cultura pode ser criadora de riqueza e emprego”, diz Cafôfo nos Estados Gerais do PS

08 Dez 2018 / 10:24 H.

Na abertura dos Estados Gerais do PS, desta vez dedicados à Cultura, Paulo Cafôfo, candidato do PS às eleições Regionais de 2019, explicou que a Cultura deve estar no centro das políticas governamentais e que deve ser vista como geradora de riqueza e emprego na Região.

Paulo Cafôfo adiantou que tem dois grandes objectivos para a Cultura na Madeira. O primeiro passa pelo factor de desenvolvimento, de investimento e de alavacagem para potenciar a economia regional. Um segundo objectivo passa pela “democratização”, do acesso à cultura por toda a população.

O também presidente da Câmara do Funchal defende que “a cultura deve ser transversal a toda a sociedade”.

Os Estados Gerais do PS, que promovem uma mesa-debate subordinada ao tema ‘Que Cultura queremos?’, está a decorrer este sábado na Junta de Freguesia de São Pedro, no Funchal.

A iniciativa tem como oradores convidados Susana Goulart da Costa (directora regional da Cultura dos Açores), Mafalda Sebastião (coordenadora do Pólo Cultural Gaivotas da Câmara Municipal de Lisboa), Eduardo Leite (gestor e professor da Universidade da Madeira) e Rui Dantas Rodrigues (realizador e fundador de Terminal 7).

Outras Notícias