5 a 6 casos de Varicela na Escola do Estreito Calheta

22 Jan 2019 / 15:26 H.

“Cinco a seis casos” de Varicela, em outros tantos alunos, de diferentes turmas a frequentar a EB1 do Estreito da Calheta, está a gerar alguma preocupação junto da comunidade escolar ao ponto do director do estabelecimento de ensino público ter lançado hoje um alerta para que os pais das crianças fiquem atentos a eventuais sintomas como “febre, dores abdominais, falta de apetite, dores de cabeça e mal estar geral”, para que assim seja possível circunscrever a doença ou que a mesma não se alastre a outros alunos ou até a docentes ou restantes colaboradores.

A Varicela é uma doença infectocontagiosa pelo que se torna aconselhável o isolamento da criança infectada. Entretanto, o DIÁRIO chegou à fala com a delegada escolar do município da Calheta que garantiu não existirem mais casos noutras unidades.

Outras Notícias