31 voos para a Madeira ‘atingidos’ pelo vento

24 Jul 2017 / 19:02 H.

Dez aterragens abortadas, número igual às partidas que estavam agendadas e foram canceladas, e ainda 11 voos divergidos, perfazem um total de 31 voos que não cumpriram com a sua escala durante o dia de hoje.

É este o balanço feito até agora no Aeroporto da Madeira Cristiano Ronaldo, que neste momento está “impossível para os aviões aterrarem”, assegura o departamento de meteorologia responsável por aquela pista.

O vento encontra-se entre 22 a 27 nós, o que equivale a uma velocidade de 40 a 48 quilómetros, estando a ‘cortar’ a pista ao meio. Como se não bastasse, as rajadas estão ainda mais fortes e tornam a acção dos pilotos insegura na aproximação a Santa Cruz.

A quem arrisque pousar, neste momento as rajadas estão entre os 30 e 36 nós, números que em quilómetros significam um valor na casa dos 56km e 66km.

Recorde-se que a easyJet cancelou todos os seus voos para a Madeira até ao final do dia de hoje, quando estavam agendados para aterrar sete voos da companhia britânica e levantarem da Região cinco aeronaves.

Até às 18 horas de terça-feira mantém-se a previsão de vento.