Santana Lopes a “fénix renascida”

12 Ago 2018 / 21:48 H.

    Santana Lopes (SL) que nunca venceu eleições no PSD, que chegou a primeiro ministro por acaso e com o resultado de todos conhecido, que nos últimos 20 anos quando as circunstâncias políticas no partido e fora dele lhe eram desfavoráveis, ameaçava numa espécie de chantagem emocional abandonar o partido, tomou finalmente a grande decisão e saíu mesmo. Foram precisos 40 longos anos de PSD, como deputado, como governante e como autarca, para SL perceber que nenhum dos partidos existentes era a sua “praia” e só agora é que conseguiu entender, qual messias predestinado, quanto do futuro de Portugal e dos portugueses passa por ele e pela criação de um novo partido à sua imagem e semelhança e do qual finalmente poderá ter a chefia, essa mesma chefia que os “ingratos” militantes do PSD nunca lhe confiaram e que de certa forma é, para além da presidência da república, não sei se ainda vai a tempo, um cargo que lhe falta no currículo. Aliás a maneira mais pertinente para definir SL é um “político com um extenso currículo” o que não é o mesmo que um “grande currículo”. A carta de despedida que dirigiu aos militantes do PSD é bem o exemplo daquilo que foi a sua intervenção política, os discursos que entravam por um ouvido e saíam pelo outro, a trivialidade das entrevistas e do comentário político nas estações televisivas, à medida de uma comunicação social mais à procura de de “fait divers” do que factos concretos e posições firmes e consequentes de alguém que mais do que querer mudar o que quer que fosse, sempre soube aproveitar muito bem as contingências que se lhe depararam durante estes 40 anos, quer as de cariz político quer as outras, sem nada alterar ao “status quo” dominante da política portuguesa. Ei-lo agora, tentando ser uma espécie de “fénix renascida” das cinzas do PSD, prometendo ser tudo o que não foi nos últimos 40 anos. Quando tanto se fala da falta de credibilização da política e dos políticos eis um exemplo mais que perfeito!

    Leitor identificado