Rambos & Violência

15 Fev 2020 / 02:00 H.

    Uma vez mais venho aqui expor a minha opinião sobre cenas e atos lamentáveis dignas de alguém com necessidade de internamento urgente.

    Madrugada de domingo, passado numa noite pacata e serena digna de estar a usufruir um bom som até um bom gin, quando de repente instalou se um grande confusão, na via pública frente a um espaço noturno conhecido da noite madeirense, pois por sua vez um grupo de jovens, começaram um cena de pugilismo, como não poderia faltar, um Rambo, que pontapeou um homem deitado inconsciente, provocando hematomas graves no corpo, ora o Rambo mais tarde pública seus músculos depois de ter tentado assassinado um cidadão, agora vem desculpar se nas redes sociais alegando que o álcool era o culpado, pois está ciente da porcaria que fez, e como é filho de uma figura pública, quer fugir com o rabo a seringa, oh meu menino Rambo estás com medo que sabes que andam a te caçar, se não aguentas 14 bebe 7... A justiça tem de ser mão pesada sobre essa situação com gravidade extrema poderia resultar a morte de um ser humano, não pode deixar impune esse tipo de atitude covardes, Mão pesada .... Numa outra situação foi de um 2° Rambo, numa casa devoluta a agredir um sem abrigo, o Inácio (Mike Taison) desferindo um murro na cara que o poderia mata-lo, o Inácio que não faz mal a ninguém, conta histórias imaginárias como e onde está a cabeça de um adolescente com o seu prefeito juízo que vive numa casa, tem uma cama etc, agride um sem abrigo? Sabes a tua ironia vai custar caro aos teus pais, mas eu tinha um castigo para ti, irias ficar 1 mês como sem abrigo, pedir algo para comer , dormires no chão abafado com cartões, etc, para veres se é bom essa vida.... Se tu tiveres vergonha e estiveres arrependido , todos os dias leva lhe comer a ele em pedido de desculpa, e arrependimento , verás que entrarás na sociedade como um adolescente que fez acto repugnante, e se arrependeu .... Rambo 2 .... Poderás estar na situação do Inácio um dia.... O karma é lixado...Bom carnaval

    César Gonçalves