Queda no Caldeirão Verde

15 Ago 2019 / 02:00 H.

    Sou o marido e pai dos feridos de terça-feira. Estou a escrever para esclarecer o que aconteceu.

    Primeiro, digo-vos que ambos estão bem.

    Em segundo lugar, comunico que dois bombeiros do corpo de Santana acompanharam-nos até ao centro de saúde de Santana, onde a Dra. Carolina Ferreira nos atendeu.

    O acidente ocorreu num ponto perigoso e não sinalizado na levada do Caldeirão Verde. O meu filho escorregou e passou por debaixo de uma vedação, arrastando a minha esposa para um precipício de mais de 20 metros. Tiveram a sorte de serem travados pela vegetação e pelo tronco de uma árvore. O buraco debaixo da vedação era grande. Um bombeiro que nos acompanhou tirou fotos do local do acidente e prometeu enviá-las às autoridades competentes, a fim de procederem ao arranjo do local para evitar a repetição do incidente.

    Da parte da minha família, gostaríamos de agradecer a todos os turistas que colaboraram na organização do resgate e apoio prestado, bem como à equipa de bombeiros pela resposta pronta e eficaz.

    Muito obrigado a todos.

    César Jiménez Herrero

    Outras Notícias