Prioridades

11 Jun 2019 / 02:00 H.

    Dada a minha participação activa na vida cultural da nossa ilha fui um dos convidados da Cimeira Cabo Verde/Madeira que se realizou sexta-feira em Machico - é bom sinal ver coisas a acontecer fora do Funchal!

    Louvo a iniciativa que teve cerimónia ambiciosa e um modelo que considero irreverente. Parabéns à organização - em especial aos senhores Sérgio Nóbrega e José Paulo Carmo. Já fizeram mais pela nossa terra e pela nossa cultura do que muitos que se arrastam durante anos à custa de subsídios e nada deixaram de útil.

    Gostei imenso de escutar as palavras de políticos cabo-verdianos. Estão sem dúvida bem preparados e são visionários. Saí de lá satisfeito, mas como uma espinha atravessada na garganta. Ou melhor, duas, dada a forma como duas pessoas com responsabilidades trataram os convidados. Que raio de prioridades são as que regem o mandato do senhor presidente da Câmara de Machico que não pôs os pés na Cimeira? Doente não estava. À tarde já andava nas barracas do mercado quinhentista. O que levou a senhora secretária do Turismo e Cultura a sair a meio da Cimeira, deixando a directora regional da Cultura ser goleada pelo Ministro da Cultura de Cabo Verde?

    Alguém devia ter dito aos dois que numa cerimónia com a presença de um primeiro-ministro e um ministro da Cultura devia de haver mais bom senso e respeito.

    J.R.

    Outras Notícias