Pepe

11 Jan 2019 / 18:26 H.

    Képier Laveran de Lima Ferreira, mais conhecido como Pepe, nasceu em Maceió, Brasil, a 26 de Fevereiro de 1963, é um futebolista naturalizado português, nascido no Brasil e que actua como defesa central.

    Iniciou a sua formação de futebolista nas camadas de formação do Corinthians Alagoano, nas épocas de 1995-2001.

    Tendo vindo para a Ilha da Madeira, na época de 2001/02, onde começou por representar o Club Sport Marítimo B, tendo nas épocas de 2002/04, chegado à equipa principal do Marítimo.

    Devido á sua boa qualidade como defesa central, o FC Porto contratou-o, tendo actuado nas épocas de 2004 a 2007, onde conquistou no ano de 2004, 1 Taça Intercontinental; juntando às suas conquistas com a camisola do FC Porto, os campeonatos nacionais nas épocas de 2005/06 e 2006/07; a Supertaça Cândido de Oliveira, nos anos de 2004 e 2006 e 1 Taça de Portugal, na época de 2005/06.

    Nas épocas de 2007/17, defendeu as cores do Real Madrid, onde efectuou 334 jogos e marcou 15 golos, tem no seu currículo, 2 Copas do Mundo de Clubes da FIFA: em 2014 e 2016. 3 Ligas dos Campeões da UEFA nas épocas de 2013/14; 2015/16 e 2016/17. Tem 2 Supercopas da UEFA, conquistadas nos anos de 2014 e 2016. Mais 3 Campeonatos de Espanha, conquistados

    nas épocas de 2007/08; 2011/12 e 2016/17. 2 Taças do Rei, nas épocas 2010/11 e 2013/14 e 2 Supercopas de España nos anos de 2008 e 2012. Conquistou ainda por 7 vezes o Troféu Santiago Bernabéu, nos anos de 2007; 2008; 2009; 2010; 2011; 2013 e 2015. Venceu o Troféu Teresa Herrera em 2013.

    Entretanto na época de 2017/18, emigra para Turquia onde representou o Besiktas.

    Após de 12 anos, o internacional por Portugal, está de regresso ao Dragão, onde oficializou na passada terça-feira dia 7 de Janeiro de 2019, um contrato com o FC Porto, até 2021.

    Ao serviço da selecção de Portugal, onde se estreou numa partida frente à Finlândia na cidade do Porto, a 21 de Novembro de 2007, jogo a contar para a qualificação do Campeonato da Europa, Euro 2008-Viena. Foi chamado pelo seleccionador Luíz Felipe Scolari.

    O ponto mais alto, ao serviço da selecção das quinas, verificou-se no Euro 2016, realizado em França, tendo Portugal conquistado o Campeonato da Europa, tendo como seleccionador Fernando Santos. Soma no seu currículo 103 internacionalizações e obtido 7 golos.

    Mário da Silva Jesus