Com salário mínimo sobrevive-se

04 Dez 2019 / 02:00 H.

    As confederações dos patrões da indústria, do comércio e da agricultura consideram que o salário mínimo está desequilibrado em relação à produção.

    Homessa! Não são os trabalhadores que a determinam e nem são vistos nem achados para botar sentença...

    São os patrões e ou gestores. Aqueles, maioritariamente, têm um nível de habilitações muito fraco.

    Estes ganham em média 57 vezes mais do que os funcionários!

    O cinismo é de tal envergadura, que para estes obscenos vencimentos, já não desequilíbrio! Mas, os líderes daquelas instituições vêm dizer que para as empresas se torna incomportável pagar, pelo aumento, pouco mais de 1 euro por dia...

    Querendo contrapartidas.

    Vítor Colaço Santos

    Outras Notícias