A pobre rica Venezuela

12 Fev 2019 / 02:00 H.

    Reveladora, uma notícia que não vi publicada na nossa imprensa. Escreve o New York Times que o vice-presidente dos EUA combinou com Juan Guaidó que se auto-proclamasse presidente da Venezuela. Um «excelente» cartão de visita. Estamos perante um presidente fantoche?! Nos trechos da entrevista que vi na RTP, nada lhe foi perguntado sobre esta flagrante ingerência. Porquê? O errático Trump foi o primeiro a declarar apoio. De seguida, veio o paradigma da anti-democracia, Bolsonaro, a dar aval. Ao invés, o musculado Putin, o falso democrata presidente chinês e o repressor presidente turco, colocaram-se ao lado de Nicolás Maduro. Todos estes apoios são interesseiros... A Venezuela tem as maiores jazidas petrolíferas, é rica em ouro e outros minerais, mas não é o Povo venezuelano o beneficiado destas colossais riquezas! Rotular o regime de Maduro com a esquerda ou socialista, ou é analfabetismo político ou desonestidade

    intelectual. Chineses, russos e turcos são os «amigos» da Venezuela que ocuparam a vaga dos EUA... nas explorações. O livro, ‘’As Veias Abertas Da América Latina’’, do enorme escritor Eduardo Galeano, edição Dinossauro, conta-nos a história destes países pilhados. Magistral. A ler. Portugal foi seguidista na UE, em reconhecer Guaidó. Errou. Não é assim que se defende e acautela a vida de centenas de milhar de portugueses e luso-venezuelanos que lá labutam. Por tal, as retaliações já aconteceram. (O cinismo e a hipocrisia da UE, constata-se neste caso, pela ausência de quaisquer sanções ao governo fascista húngaro...). Correcto seria um esforço diplomático, ao encontro da posição avisada das Nações Unidas e não o cavalgar, também, a onda trumpista, que até ameaça com intervenção militar... Ruma-se a um banho de sangue? Não esquecemos: Barroso/Portas têm as mãos sujas de sangue do Povo iraquiano e o medíocre ministro, Santos Silva, candidatou-se... Sugestivo, os radicais de direita fazerem juras de amor ao direitista Guaidó e o PS que não é carne nem peixe, colou-se aos virados para trás...

    Nicolás Maduro cairá de maduro quando o Povo quiser.

    Vítor Colaço Santos

    Outras Notícias