IST e UMa parceiros
na área da investigação

O IST espera colaborar com a universidade

01 Nov 2017 / 02:00 H.

A Universidade da Madeira (UMa) assinou, ontem à tarde, um protocolo com o Instituto Superior Ténico (IST) que dá origem à criação de um polo do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN) no Funchal, através do Departamento de Física da UMa. Um processo que acaba por trazer mais-valias para ambas as partes.

Arlindo Oliveira, Presidente do Instituto Superior Técnico, mostrou-se satisfeito com esta colaboração. “Sendo o IST a maior escola de engenharia do país, tem a responsabilidade de criar e dinamizar parcerias com outras unidades de forma a contribuir para a criação de massa crítica” e o grupo de física da UMa é um excelente parceiro para que tal aconteça.

Satisfeito com esta aposta, Arlindo Oliveira mostrou ainda disponibilidade para colaborar com a UMa noutros projectos, em particular, na área do mar, um trabalho que, curiosamente, já está a ser desenvolvido nos Açores. “Quem sabe no futuro possamos colaborar com a UMa no estudo do mar e desenvolver actividades de robótica submarina”, frisou, apostando nos bons resultados desta parceria agora formalizada.

José do Carmo, reitor da UMa, realçou a qualidade e o trabalho desenvolvido pelo grupo de Física e acredita que o polo vai contribuir para aumentar e melhorar a investigação e captar mais fundos para projectos de investigação a nível europeu.

A iniciativa teve lugar na Reitoria da UMa e contou ainda com a presença do Presidente do IPFN que espera a captação de fundos europeus e fundos de desenvolvimento regional.

Outras Notícias